Geely Motors do Brasil

Ao longo de 2012, a Geely International Corporation implantou sua linha de produção em Montevidéu, Uruguai. Devido ao acordo bilateral do Brasil com o Uruguai no setor automotivo, as operações de importação e distribuição dos veículos Geely no Brasil foram viabilizadas.

Assim, em fevereiro de 2013, o Grupo Gandini iniciou sua parceria com o Grupo Geely e anunciou a constituição da Geely Motors do Brasil, iniciando oficialmente suas operações em janeiro de 2014.

Os primeiros veículos Geely em comercialização em território nacional são o sedã EC7 e o hatch compacto GC2. O sedã EC7 vem na versão com câmbio mecânico de cinco marchas, motor com bloco de alumínio de 1.8 litro, ar condicionado, direção hidráulica, bancos revestidos em couro, entre outros itens de conforto. Já o hatch compacto GC2, de 1.0 litro, traz, sob o seu capô, um motor de 68 cavalos, direção hidráulica, ar condicionado, trio elétrico, airbags, ABS, entre outros itens de conforto e segurança.

Com um modelo pré­definido de concessionárias, a Geely garante um alto padrão de qualidade no atendimento aos clientes, contando com instalações completas e modernas, oficinas próprias e grande estoque de peças. Tudo isso pensado para trazer mais agilidade e conforto para o consumidor brasileiro.

Geely Motors
Gandini

Geely Holding Group

Fundado em 1986 e com sede administrativa em Shanghai, o Zhejiang Geely Holding Group estabeleceu seu “braço” automotivo – a Geely Auto – em 1997, quando iniciou suas atividades produtivas. No ano seguinte, saiu da linha de produção o seu primeiro modelo, o Haoqing SRV. Dois anos depois, em 2000, o segundo modelo, o Geely Meiri.

Proprietária da Volvo Cars, da Manganese Bronze, fabricante dos táxis londrinos, e da australiana DSI, uma das maiores fabricantes de transmissões automáticas do mundo, a Geely mostra – hoje – números espetaculares e futuro ainda mais promissor.

Apenas vinte e seis anos depois, em 2012 o faturamento do Grupo Geely foi de US$ 24,6 bilhões. Somente com a marca Geely , o grupo produziu em 2012 mais de 483 mil unidades, o que significou um aumento de vendas de 15% em relação ao ano anterior. Também no ano passado, a Geely foi a montadora chinesa que mais exportou, com volumes superiores a 100 mil unidades, um aumento de 164% em comparação com 2011, tornando­-se a exportadora de crescimento mais rápido entre todas montadoras chinesas. Geely fechou o exercício fiscal como a 7ª maior produtora chinesa de automóveis de passageiros.

A título ilustrativo, no mercado chinês o automóvel mais vendido da Geely em 2012 é o sedã EC7, 14º no ranking dos Top 20, mas é o primeiro da lista entre os genuinamente veículos chineses. Todos os demais são o resultado de joint­ventures de companhias chinesas e montadoras americanas, européias, japonesas ou sul­coreanas.

De outra parte, a Volvo Cars Corporation, a marca Premium da Geely Holdings, vendeu 421.951 veículos no mundo em 2012 e segue suas projeções de alcançar vendas globais de 800 mil unidades em 2020. A Volvo Cars, informa a direção da Geely, vai inaugurar uma fábrica na cidade de Chengdu, na China, ainda este ano, para melhor atender à demanda do mercado chinês.

A Geely e sua subsidiária Volvo Cars, portanto, já atingiram vendas globais anuais de mais de 900.000 unidades.

Como primeira montadora privada chinesa, a Geely tem se desenvolvido rapidamente nos últimos dez anos. A estratégica adotada pela Geely em 2007 foi capaz de reorientar sua gama de produtos para uma nova série de produtos de alta qualidade e veículos de alto valor agregado.

Volvo Cars, MB Holdings e DSI - tecnologia de ponta

Confirmando a aquisição da Volvo Cars em 2010, a Zhejiang Geely Holding Group iniciou uma nova etapa na evolução de sua tecnologia e qualidade. As duas montadoras mantém acordos de cooperação técnica e de pesquisa e desenvolvimento. Em fevereiro de 2013, a Geely anunciou a instalação de um novo Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Gotemburgo, Suécia, que foi inaugurado no dia 13 de setembro 2014. O novo centro terá como foco o desenvolvimento de uma nova arquitetura modular e componentes para futuros veículos de plataformas comuns às duas marcas que atendam às necessidades de ambas. O novo centro de P&D entrou em operação em setembro e terá uma equipe de 200 engenheiros da Suécia e China, já em 2014.

Em 2009, agrega­-se ao grupo a australiana DSI, uma das maiores fabricantes de transmissão automática do mundo, trazendo conhecimento tecnológico e excelência na fabricação de componentes.

Em 2006, firmou-­se também a compra da Manganese Bronze Holdings, fabricante dos icônicos táxis londrinos. A aquisição incluiu a fábrica, equipamentos e propriedades, direitos de propriedade intelectual, marcas registradas e patrimônio de marca da companhia.

Grandes Marcas no Seu Geely

Com garantia de qualidade e alto desempenho, a Geely conta com as melhores marcas do mercado em peças e componentes. Conheça as grandes marcas presentes em nossos veículos:

Entre em contato
pelo WhatsApp

11 94700-7793